segunda-feira, novembro 07, 2016

Gestão do Núcleo Tecnológico Municipal (2012-2016)

Síntese do trabalho desenvolvido no Núcleo Tecnológico Municipal, durante os anos 2012 a 2016.

quinta-feira, julho 07, 2016

Slides a favor da aprendizagem: técnicas adequadas (orientações para formação presencial)

O recurso tecnológico que mais tem sido utilizado na área educacional é a apresentação de slides.
Mas como utilizá-lo a favor da aprendizagem?
Diversos téoricos tem se debruçado sobre isso e a proposta de nosso encontro presencial é que você conheça algumas técnicas e em seguida, crie uma apresentação de slides a partir dos conhecimentos adquiridos.
Vamos lá?

Atividade 1

1.1. Conversa em roda: uso de slides em na sala de aula.
1.2. Apresentação de slides: Técnicas adequadas para criação de slides.
1.3. Utilização do Google Slides
Passo a passo para elaboração da primeira apresentação no Google Slides
Escolher um Tema ou Plano de fundo (cuidado com as cores fortes)

Escrever o título : Boas Práticas com TIC’s. Subtítulo: escrever seu nome

Editar o Slide Mestre
Escolher uma fonte sem serifa (Arial, Verdana),
Tamanho: Mínimo 30 para texto e 40 para título
Ir no Menu Inserir/ Novo slide.
Aplicar Layout Título e duas colunas. Escrever na coluna a direita: O foco deve ser na Educação, não nas TIC’s.
Na coluna à esquerda, inserir uma imagem
Ir no Menu Inserir/Url; acessar o Google e buscar uma imagem com o termo Tecnologia Educacional; escolher a imagem; clicar com o botão direito do mouse e escolher a opção Copiar Endereço da Imagem;  voltar no Drive e colar a imagem na barra de endereço.
Anotar as falas na Guia Anotações: Ao planejar uma aula com tecnologias, pensar: o que e como vão aprender? O recurso serve para melhorar a qualidade do processo de ensinar?

Inserir Novo Slide. Escolher o layout Legenda
Digitar na caixa de texto: Métodos + Estratégias+ Atividades planejadas = Aprendizagem.
Ir no Menu Inserir/Vídeo. Digitar na barra de pesquisa: Metodologia ou Tecnologia. Escolher o vídeo e clicar em Selecionar.

Revisar os slides. Dica: visualize em tela cheia.
Fazer o download da apresentação
Atenção! Para imprimir com Anotações: Menu Arquivo Imprimir/Configurações/Anotações





Atividade 2


2.2. Cada grupo deve acessar os links:
Texto 5: https://activetextbook.com/active_textbooks/10801#page1

2.3. Cada um do grupo deve ler o texto, fazer suas anotações e sínteses utilizando a própria ferramenta.
Atenção! Para usar a ferramenta, clique nos ícones da barra lateral a esquerda.

2.4. Após a leitura, o grupo deve discutir as principais ideias do texto.

Atividade 3


 A equipe deverá trabalhar colaborativamente para realizar as ações abaixo:

1º momento: Transformem o texto-base para uma linguagem visual.
Para isso, elaborem um roteiro ou um resumo de no máximo seis linhas, definindo o que irá aparecer em cada slide (texto, imagem, som, etc). 


2º momento: Reúnam todos os materiais necessários (imagens, vídeos, links) para criar os slides.

3º momento: Acessem o Google Slides e criem os slides.
Se necessário, acessem o tutorial com o passo para criação de slides utilizando os serviços do Google.


4º momento: Definam o visual dos slides: plano de fundo, layouts, fonte, tamanho e cor.
Atenção! Não se esqueçam de observar as técnicas adequadas e editarem o slide mestre para facilitarem o seu trabalho. 


5º momento: Digitem as informações e insira os recursos escolhidos (links, imagens, vídeos...)nos slides.
6º momento: Revisem cada slide. 
Dica: para revisarem os slides, use o recurso tela cheia. 




6º momento: Façam o download do arquivo para o pen drive ou enviem o link para seu email.

Atividade 4

A equipe deverá planejar sua apresentação e é imprescindível que todos participem.





Atividade 5

Apresentação dos grupos







Atividade 6

Avaliação da apresentação
Devolutiva da formadora sobre as técnicas utilizadas.



Critérios de avaliação
Individuais

Grupais

  • Utilizou as ferramentas do Google Slides.
  • Leu o texto-base e conseguiu usar alguns recursos da ferramenta online
  • Utilizou as técnicas adequadas na edição dos slides
  • Procurou colaborar com o grupo.
  • Conseguiu apresentar os slides com desenvoltura.

  • Trabalhou cooperativamente (O grupo foi além de dividir tarefas)
  • Respeitou o tempo e espaço de cada um.
  • Otimizou o tempo e realizou as atividades propostas.



 Referências:

A Ciência do Slide Perfeito. Revista Super Interessante. Agosto de 2009. 

Orientações para criação do plano de produção retirado  do Caderno de estudo e prática,SEED/MEC, 2008 pág.180-181.)

Por que os alunos não aprendem com seus slides. In: 
http://porvir.org/por-alunos-nao-aprendem-seus-slides/

Quais os benefícios de uma apresentação em sala de aula. In: http://www.ehow.com.br/quais-beneficios-apresentacao-powerpoint-sala-aula-fatos_13017/

Uso pedagógico de slides digitais. In: http://www.ehow.com.br/quais-beneficios-apresentacao-powerpoint-sala-aula-fatos_13017/




1

terça-feira, junho 21, 2016

Webquest

Uma WebQuest sobre outras WebQuests*

Versão para o Ensino Médio e para a Formação de Professores
Adaptado por Cristina Varanda - Equipe do Site da Educação - SEDUC - Santos

 

Introdução

Desde o início de 1995, os professores em vários lugares do mundo aprenderam como usar a rede, adotando o formato de WebQuest para criar aulas orientadas para a pesquisa. Mas o que exatamente é uma WebQuest? Como as pessoas se sentem fazendo uma? Como você reconhece um bom exemplo de WebQuest só de olhar? Em 60 minutos, você irá se deparar com essas e outras questões.

A Tarefa

Para desenvolver grandes WebQuests, você precisa ter um completo entendimento das diferentes possibilidades abertas para criar aulas baseadas na rede. Uma das maneiras para alcançar o objetivo, é analisar, criticamente, um número de exemplos de WebQuests e discuti-los a partir de perspectivas múltiplas. Esta é a sua tarefa neste exercício.
Ao final desta aula, você e o seu grupo responderão as questões a seguir:
1. Quais dos dois exemplos de WebQuests listados abaixo são os melhores? Por quê? 
2. Quais os dois que são os piores? Por quê? 
3. O que melhor e pior significam para você? 

O Processo

1. Primeiramente, cada participante acessará o arquivo Análise de Webquest. Faça o download do arquivo para registrar suas conclusões.
Para responder às perguntas acima, vocês se dividirão em grupos de 4 pessoas. Dentro do grupo, cada um de vocês escolherá os seguintes papéis:




2.  Individualmente, você examinará cada um dos sites a partir da perspectiva papel que terá de desempenhar. Você vai precisar examinar cada site, com justiça, rapidamente. Não gaste mais do que 5 minutos em cada um dos sites.
Para medir o tempo gasto, o/a mediador/a do grupo pode cronometrar o tempo utilizando o cronômetro do celular ou uma ferramenta online.

Aqui estão os sites que você terá de analisar:
Mário Quintana:  Aprofunde os seus conhecimentos sobre o anjo poeta.
Uma luz mágica: Desvende o mundo microfísico a partir da teoria da luz de Isac Newton. 
Futebol: Conheça como o mais amado esporte pode envolver diversas áreas do conhecimento.
A energia que move o mundo: Descubra quais as fontes geradoras de energia existentes no mundo atualmente.
Uma viagem pelo corpo humano: Conheça o corpo humano e os seus principais órgãos.
Novo acordo da Língua Portuguesa:  Saiba mais sobre as novas regras de acentuação.


4. Quando todos no grupo tiverem visto todos os sites, é chegado o momento de se juntarem para responderem às perguntas. Um de cada vez, apresenta os 2 melhores e os 2 piores exemplos, na sua perspectiva, justificando-a. Ouça atentamente as opiniões dos outros, mesmo que, em um primeiro momento, não concorde com elas.

5. Um membro do grupo deverá anotar os critérios utlizados e a decisão final alcançada, usando uma cópia da folha de atividade, onde devem ser identificados todos os membros do grupo.

6. Durante a discussão final, um porta-voz do grupo apresentará a todos, os resultados obtidos, fundamentando-os. Será que os outros vão concordar com essas conclusões? 

Conclusão

Idealmente, este exercício lhe dará um escopo maior de idéias com as quais trabalhar ao desenvolver as suas habilidades de desenvolvedor(a) de WebQuests. A melhor WebQuest ainda está por ser escrita. Poderá ser a sua!

Para saber o passo a passo de como criar uma webquest, acesse o link: https://goo.gl/A1hRGw

Avaliação
Evento
Minicurso:




Elaborada em 24 de setembro de 2002 e adaptada em 02 de julho de 2008. Revisada por Irene Coelho - Site da Educação.  
* Essa Webquest está disponível no endereço: http://www.portal.santos.sp.gov.br/seduc/e107_files/downloads/webquests/WebQuest.html.
Ressalta-se que nesse site  os links a serem visitados estão todos quebrados e aqui registra-se o link de novas Webquests e uma proposta de análise elaborada por mim. 

quinta-feira, dezembro 04, 2014

Novo paradigma em prática

Sempre acreditei que as mudanças acontecem em pequenos atos... Percebemos que algo mudou a partir de pequenos detalhes.
Hoje, na entrega de certificados do I Ciclo de Oficinas do Linux Educacional tive a  grata oportunidade de comprovar isso.
Mostrei às professoras a média da avaliação das oficinas, conforme gráfico abaixo:
Avaliação do I Ciclo de Oficinas do Linux Educacional promovido pelo NTM/SEMED Pouso Alegre/MG
Em seguida, solicitei às presentes que falassem como foi a utilização dos softwares na prática. Enquanto conversávamos, uma integrante do NTM (Núcleo Tecnológico Municipal), setor da Secretaria de Educação (o qual eu coordeno) registrava a conversava em palavras-chaves utilizando a ferramenta Text2Mind.
Defendo o uso da tecnologia, mas desde que seja para mediar, melhorar, ampliar nossa capacidade de cognição, não para substituir professor e muito menos nossa capacidade de pensar.  Usar o computador por usar na prática educativa não acrescenta em nada. Como sempre digo nas formações: "brincar o aluno brinca em casa".
Então foi muito interessante ouvir das professoras mudanças de metodologias, propostas de novos métodos acontecendo aqui bem "debaixo de nosso nariz". Nossa conversa ficou registrada através de um mapa conceitual:

Mapa conceitual elaborado pelos participantes da entrega de Certificados do I Ciclo de Oficinas do LE


Foi muito bonito ouvir das professores que assumiram o desafio de trabalhar com ferramentas tecnológicas: "aprendi junto com eles"; "eles aprenderam brincando através do softwares"; "tive muita dificuldade, mas recebi ajuda dos alunos"; "os alunos se concentraram muito pra fazer a atividade proposta"; "eu pedi que eles indicassem aos colegas uma leitura no software  e explicassem o porquê", "a aula foi bem mais significativa e dinâmica do que a convencional".
Enfim, é devagar que estamos pouco a pouco construindo um novo modelo educacional. Eu acredito nisso!

terça-feira, dezembro 02, 2014

Mapa conceitual - Tecnologia Assistiva

Na oficina Tecnologia Assistiva na prática educativa e inclusiva fiz um "tour" pelas definições e classificações da Tecnologia Assistiva, demonstrada na tese de Galvão (2009), conforme demonstrado no esquema a seguir:
Mapa Mental criado por marceladamaris com ExamTime

Para saber mais detalhes, baixe  sua tese, clicando aqui 
 

quinta-feira, dezembro 19, 2013

Bumm Bumm Bole




Bumm Bumm Bole   é um filme indiano que conta a história de dois irmãos  que são tão pobres que precisam dividir o tênis para ir à escola. E como consta na sinopse no site Filmes da Índia:

Pinu (Darsheel Safary) e sua irmã Rimzim (Ziyah Vastani)vivem com seus pais em um lugarejo muito humilde. Eles estão passando por sérias dificuldades financeiras e os seus pais não tem dinheiro nem para comprar comida. Quando a sandália de Rimzim quebra seu pai pede a Pinu para ele consertá-la no sapateiro. O problema é que Pinu perde as sandálias sem querer e ele e sua irmã decidem dividir um par de tênis velho que Pinu possui para irem para a escola até que seus pais tenham dinheiro suficiente para comprar sapatos novos. E assim, começa a saga desses dois irmãos que não querem muita coisa da vida. Para eles, chegar em terceiro lugar é muito mais gratificante que chegar em primeiro.

Esse filme é uma versão do filme Iraniano "Filhos do Paraíso" de 1997.


Como um bom filme que se preze há um pouco de tudo: blasfêmia (?) do pai pela pobreza, ternura entre irmãos, pessoas que em meio a pobreza via uma forma de ganhar dinheiro, autoritarismo patronal, violência policial, tentativa de estrupo, fome, perseverança para vencer as dificuldades...
E em meio a tantas emoções, o que me chamou a atenção foi a persistência do menino em participar de uma corrida para ganhar um tênis e assim doá-lo a sua irmã. Foi de “cortar o coração”, ver o seu desconsolo por não ter conseguido o 3º lugar e sim o 1º . Embora o prêmio do 1º lugar fosse “melhor”, não o satisfazia e nem atendia suas necessidades.
O pano de fundo do filme é a desigualdade social, pois são tão pobres que uma criança tem que esconder de seus pais que perdeu a sandália da irmã. E por isso, me fez lembrar algumas dificuldades da infância. Por outro lado, fica evidente enquanto escrevo estas linhas o quanto nossos arquétipos de pai, mãe, filho, irmão estavam presentes e foram tratados de forma sutil e profunda...
Coloquei-me no lugar do menino que não sabia como resolver o seu problema e a questão o consumia. Senti na pela o desespero do pai com a dificuldade de encontrar trabalho e sua tentativa de continuar sendo digno. Entristeci-me ao ver a tentativa do  patrão em abusar da mãe, por ser bela e indefesa. Comoveu-me a irmã com sua vergonha em enfrentar o mundo por estar de sapatos sujos e grandes para seus pés. E me encantou o show de interpretação dos dois atores mirins: Darsheel Safary e Zyah Vastani. Eles conseguiram serem ternos, doces, cúmplices. E no fim das contas, não é isso que queremos de um irmão?

Para fazer o download do filme, clique aqui

Pesquisar este blog